Confira agora algumas frases de treinadores do mundo inteiro que selecionamos para você colocar no Msn ou Orkut.
Luke: Estou procurando um grande guerreiro. Yoda: A Guerra não faz ninguém grande. Obs.: Star Wars V – The Imperial Strikes Back [ Yoda ]
“Se tão poderoso você é, porque fugir?” Obs.: Yoda para Darth Sidious quando vão se enfrentar em Star Wars III – The Revenge of the Sith [ Yoda ]
“A morte é parte natural da Vida. Regozige-se por aqueles que se uniram com a Força. Não Lamente por eles. Não sinta falta deles. O apego leva á inveja. A sombra da cobiça, isso sim.” [ Yoda ]
“Cuidado você deve ter, quando o futuro enchergar Anakin. O medo da perda é um caminho para o lado negro.” [ Yoda ]
“Não! Tentar não. Faça ou não faça. Tentativa não há.” [ Yoda ]
“Só é diferente na sua mente, você precisa desaprender o que aprendeu” [ Yoda ]
Jogador de futebol tem a melhor profissão do mundo: carros, roupas, mulheres, hotel cinco-estrelas. Mas, no meio e nos fins de semana, tem de saber o que fazer com aquele pedaço de couro. [ Renato Gaúcho ]
Nós jogamos alegremente, eles disputaram o título. Obs.: Sobre a derrota da Hungria na final de 1954 para a Alemanha. [ Ferenc Puskas ]
Se eu voltasse ao mundo, não seria má idéia vir como mulher. Não há nada mais formoso do que dar a vida a uma pessoa. [ Franz Beckenbauer ]
A Inglaterra nos venceu em 1966 porque Bobby Charlton era só um pouquinho melhor que eu. Obs.: Sobre a final da Copa de 1966. [ Franz Beckenbauer ]
O futebol é como um cobertor: se você cobre a cabeça, descobre os pés; se cobre os pés, descobre a cabeça. [ Tim (Elba de Pádua Lima) ]
Essa taça é para vocês, bando de traíras. Obs.: Desabafando após a conquista da Copa do Mundo de 1994. [ Dunga ]
Isso é burrice, não dá para entender. Obs.: Em 2005, sobre a demissão dos técnicos do Santos e do Corinthians. [ Zagallo ]
O futebol italiano é ridículo. Obs.: Ex-atacante da Seleção Brasileira [ Renato Gaúcho ]
O Romário me chamou de bissexual? Então manda a mulher dele ir lá em casa. Obs.: Ex-atacante da Seleção Brasileira. [ Renato Gaúcho ]
Roberto Carlos precisa ser comandado. Obs.: Tentando explicar a má fase do lateral esquerdo na Copa de 1998. [ Wanderley Luxemburgo ]
Quando tem agito aqui em casa, até o Cristo Redentor tapa os olhos. [ Renato Gaúcho ]
Se o Fluminense jogar na Segundona eu juro que saio pelado pelas ruas do Rio de Janeiro. Obs.: Então jogador do Fluminense, quando o time foi rebaixado pela primeira vez. [ Renato Gaúcho ]
Maradona só será um novo Pelé quando ele ganhar 3 Copas Mundiais e marcar mais de mil gols. Obs.: Ex-técnico da Seleção Argentina. [ Cesar Luis Menotti ]
“Controle, controle, você precisa aprender a se controlar.” [ Yoda ]
Estávamos em pânico pensando no que Garrincha poderia fazer. Não existia marcador no mundo capaz de neutralizá-lo. Obs.: Meia da Suécia na Copa de 58. [ Nils Liedholm ]
Eu não o trocaria por Shevchenko. Obs.: Técnico do Dinamo Kyev em 1998, comparando Shevchenko com Ronaldinho. [ Lobanovsky ]
Todo treinador de juvenis é meio homossexual. E todo treinador de qualquer categoria que defende a concentração, é candidato a corno. Obs.: Ex-técnico da Seleção Brasileira. [ João Saldanha ]
Tem que ter tesão para jogar futebol. Obs.: Cobrando dedicação dos jogadores da Seleção Brasileira de Futebol na Copa da Alemanha, 21/6/2006. [ Parreira ]
Nós não somos maconheiros. Obs.: Sobre a fama de consumidores de baseado que
Se eu fosse seu técnico, o Brasil seria imbatível. Obs.: Egil Olsen, referindo-se as constantes decepções da Seleção Brasileira de Zagallo. [ Egil Olsen ]
A Seleção tem jogadores importantes, mas não tem jogador intocável. Obs.: Fonte: www.galvaobueno.com.br, em 08/06/2006 [ Parreira ]
Numa competição como o Mundial, nós muitas vezes precisamos mais de um grupo do que de uma estrela somente. Será que vale apenas investir apenas numa estrela? Obs.: Felipão, em março, em resposta a Romário. [ Luiz Felipe Scolari ]
Pode errar dez vezes que será dez vezes convocado. Obs.: Técnico da Seleção Brasileira de futebol, sobre o meia Rivaldo. [ Luiz Felipe Scolari ]
Foi uma derrota rumo ao penta. Obs.: Zagallo, depois que o Brasil perdeu para a Noruega na Copa da França. [ Zagallo ]
Eu disse a eles: vocês querem ser vistos como? Como campeões. É gostoso atravessar esses quatro anos como campeão. [ Parreira ]
Nós não temos obrigação de ganhar. Quem tem obrigação de ganhar é o time da casa. [ Parreira ]
Eu não sou um treinador de futebol, sou um facilitador. [ Parreira ]
No Sul ou tu é gremista ou tu é colorado. Só uma torcida realmente ama seu time diferentemente de Grêmio ou Internacional: é a o Brasil de Pelotas Obs.: Expressado pelo LFS no seu retorno ao Brasil e ao Palmeiras em 2010. Em 1983 e 1984 Scolari comandou o Xavante (Brasil de Pelotas), no inicio de sua carreira, numa das melhores campanhas da história do Xavante [ Luiz Felipe Scolari ]
O Brasil já sabe jogar com a bola nos pés. Agora a gente tem que aprender a jogar sem a bola. [ Parreira ]
A pressão do favoritismo não vem de dentro para fora, vem de fora para dentro. [ Parreira ]
A pressão em 1994 era diferente, pois o Brasil estava havia 24 anos sem conquistar a Copa do Mundo. Agora é a pressão do favoritismo. [ Parreira ]
Não adianta jogar bem durante a competição e não render no último jogo. Obs.: Numa indireta à atuação do Brasil na Copa-98, onde o time naufragou na final. [ Wanderley Luxemburgo ]
Não se meça pelo que você tem executado, mas pelo que você deve executar com sua habilidade. [ John Wooden ]
Se amanhã o time estiver ruim, o torcedor que hoje me elogia troca o ‘g’ do meu nome por dois ‘r’. E passam a me chamar de Luxemburro. [ Wanderley Luxemburgo ]
É o que você aprende depois de saber tudo o que conta. [ John Wooden ]
Tive de dizer não. Obs.: Em 2001, então ex-técnico da Seleção, que recusou o convite para dirigir o Santos e o Atlético Mineiro devido ao seu envolvimento com a CPI do futebol. [ Wanderley Luxemburgo ]
Não deixe aquilo que você não pode fazer interferir no que você pode fazer. [ John Wooden ]
“Tenha cuidado”, escrevi num dos meus primeiros livros, “com as palavras que fala, pois, se você for arrogante, fará muitos inimigos. Nunca se esqueça do antigo ditado que diz que um vento forte pode destruir uma árvore robusta, mas o salgueiro verga-se, e o vento passa sobre ele. As grandes virtudes do caratê são a prudência e a humildade” [ Gichin Funakoshi ]
Se a CPI durar cinco anos, vou ficar cinco anos sem trabalhar? Como cidadão, tenho o direito de voltar ao trabalho. Obs.: Em 2001, após ser contratado como novo técnico do Corinthians. [ Wanderley Luxemburgo ]
A pior coisa nos novos livros é que eles nos impedem de ler os antigos. [ John Wooden ]
“O segredo da vitória está em conhecer a si mesmo e a seu inimigo” [ Gichin Funakoshi ]
Eu disse que, se o Ronaldo não fizesse os dois jogos, eu o mandaria embora. E fiz. Obs.: Em 2001, explicando porque impediu Ronaldinho de jogar pela Seleção Olímpica. [ Wanderley Luxemburgo ]
Não sou sonegador deliberado. Obs.: Em 2001, quando técnico do Corinthians, ao sair de um depoimento na Justiça Federal. [ Wanderley Luxemburgo ]
Se o Oswaldo de Oliveira quer o Marcelinho, que contrate, ou compre um bibelô, ponho o nome de Marcelinho e coloque na estante. Obs.: Em 2001, quando técnico do Corinthians, sobre o colega que estava no Fluminense. [ Wanderley Luxemburgo ]
Considere os direitos dos outros antes dos seus próprios sentimentos, e os sentimentos dos outros antes de seus própríos direitos. [ John Wooden ]
O torcedor tem toda a razão de nos criticar, mas não podemos tirar o mérito do ASA, que mereceu a classificação. A vida segue. Obs.: Em 2002, quando técnico do Palmeiras, depois de o time ser eliminado da Copa do Brasil pelo ASA de Arapiraca, de Alagoas. [ Wanderley Luxemburgo ]
Assim como um vale vazio pode ecoar o som da voz, do mesmo modo a pessoa que segue o Caminho do Karate deve esvaziar-se livrando-se de todo egoísmo e ambição. Tornarse vazio interiormente mas reto por fora. Este é o significado verdadeiro de “vazio” no karate. Quando a pessoa percebe a infinidade de formas e de elementos no universo, ele se volta para o vazio, para o vácuo. Em outras palavras, o vazio não é outra coisa senão a verdadeira forma do universo. [ Gichin Funakoshi ]
Acho que a gente não devia falar sobre isso. Quanto mais se fala, mais se incentiva. Obs.: Em 2002, sobre assalto à sede do Palmeiras, no Parque Antártica, em que R$ 60 mil foram roubados. [ Wanderley Luxemburgo ]
O São Paulo é que está jogando melhor. Quero que o Palmeiras chegue a esse ponto. Obs.: Em 2002, quando técnico do Palmeiras. [ Wanderley Luxemburgo ]
“Na verdade, a essência da arte foi resumida nestas palavras: O karatê começa e termina com cortesia” [ Gichin Funakoshi ]
O Ronaldinho vai ter de rebuscar seu espaço na seleção. Obs.: Em 2002. [ Wanderley Luxemburgo ]
Não adianta eu falar uma coisa porque vocês da imprensa escrevem outra. [ Wanderley Luxemburgo ]
…sempre há alguns que têm como desejo único aprender karatê para utilizá-lo numa luta. Esses quase inevitavelmente abandonam o curso antes mesmo da metade do ano, porque é quase impossível que qualquer jovem, com objetivo tão tolo, continue por muito tempo no karatê [ Gichin Funakoshi ]
Já fizeram várias campanhas contra mim, mas não estou preocupado. Falo o que penso. Obs.: Em 2002, depois de reclamar da Globo e do horário marcado para um jogo do Palmeiras contra o Fluminense, num domingo, às 16h. [ Wanderley Luxemburgo ]
Não nasci para ser mais um. Obs.: Quando técnico do Real Madrid, depois da partida vitoriosa que marcou sua estréia no cargo (2005). [ Wanderley Luxemburgo ]
Com o Karate-do, oferecendo sua ajuda aos outros e aceitando-a deles, o homem adquire a habilidade de elevar a arte ao estado de crença, em que possa aperfeiçoar corpo e alma e assim finalmente chega a reconhecer o significado verdadeiro do Karate-do [ Gichin Funakoshi ]
Quero que sonhe e coloque como objetivo pessoal: ser o maior da história. Obs.: Em 2005, quando técnico do Real Madrid, quando estipulou uma meta para Ronaldo: Superar Pelé como o título mundial de 2006 e ser o maior vencedor de Copas da história. [ Wanderley Luxemburgo ]
Mandaram uma camisa do Fome Zero para o Cruzeiro quando eu era o técnico. Eu não botei a camisa porque o Brasil não precisa de Fome Zero, precisa de emprego. Obs.: Quando técnico do Real Madrid, em entrevista à Playboy de junho de 2005. [ Wanderley Luxemburgo ]
“Tamanho nada significa. Olhe para mim. Pelo meu tamanho você me julga?” Obs.: Yoda to Luke Skywalker [ Yoda ]
É excelente profissional, educado, pontual, grande sujeito, dentro e fora do campo. Quando precisa atender a um compromisso pessoal, me consulta, pede dispensa. Não dá problema. Obs.: Em 2005, então técnico do Real Madrid, sobre o jogador inglês David Beckham. [ Wanderley Luxemburgo ]
Se precisar, para meu time ganhar, eu invado o campo. Posso até levar porrada, mas faço isso. Obs.: Aos 54 anos, ex-técnico do Corinthians, sobre a guerra de nervos antes do jogo contra o River Plate. [ Geninho ]
Posso ser um novo Di Stéfano, mas não posso ser um novo Pelé. Ele é o único que ultrapassa os limites da lógica… [ Johann Cruyff ]
Disse a eles que, como atletas experientes, não poderiam cair em nenhum golpe. Mas o que eu quero agora é que, diante dessa denúncia, que partiu deles, a Fifa abra um processo e aplique uma punição exemplar. Obs.: Comentando em uma entrevista sobre a revelação de Bilardo numa revista argentina. [ Lazaroni ]
Já se passou muito tempo, mas uma punição tem que acontecer. Não importa se já se passaram mais de 14 anos. Foi mais um fato lamentável, que é mais um arranhão na imagem de um país, que na Copa seguinte teve caso do doping do Maradona. Obs.: Desabafando o acontecimento na copa de 1990, quando Branco foi dopado, pelos jogadores da Argentina. [ Lazaroni ]
Rodrigo é um soccer-player… [ Lazaroni ]
Dá pra entender porque o futebol sumiu? [ Lazaroni ]
Está faltando o faz-me-rir (salário)… [ Lazaroni ]
Só temos dois caminhos: o sim e o não… [ Lazaroni ]
Jogamos dentro de uma situação… [ Lazaroni ]
Preparamos nosso rapazes durante quatro anos para enfrentar times de futebol. Não esperávamos um jogador como Garrincha. Obs.: Queixa-se o técnico inglês Walter Winterbotton no vestiário. [ Walter Winterbotton ]
Romário pensa que é o rei da cocada preta. O que esperar de um cara que se acha Deus? [ Zico ]
A Holanda é muito tico-tico-no-fubá, que nem o América dos anos 50… Obs.: Técnico da Seleção Brasileira na Copa de 1974, antes do jogo contra a Holanda. [ Zagallo ]
A falha individual é do coletivo. Obs.: Explicando a derrota do Brasil contra o México, na final da Copa das Confederações 99. [ Wanderley Luxemburgo ]
O futebol não é uma questão de vida ou de morte. É muito mais importante que isso… Obs.: Ex-técnico do Liverpool. [ Bill Shankly ]
O Brasil joga bom futebol, mas sua equipe está quatro anos mais cansada, quatro anos mais viciada num sistema de jogo que todos conhecem. Obs.: Comentando sobre a seleção do Brasil em 1962. [ Helenio Herrera ]
Sem Pelé, o Brasil fica muito fraco. Quem é Amarildo? Obs.: Técnico da Seleção Espanhola, que perdeu do Brasil na Copa de 62 por 2 x 1, com 2 gols de Amarildo. [ Helenio Herrera ]
O time brasileiro era tão bom que eu tinha medo de começar a torcer por ele. Obs.: Técnico da seleção Sueca, adversária do Brasil na final da Copa de 58. [ George Raynor ]
O time deles é bom, mas os holandeses não têm tradição em Copas e isso pesa. A Holanda não me preocupa. Estou pensando na final com a Alemanha. Obs.: Técnico do Brasil na Copa de 74, antes da semifinal contra a Holanda. [ Zagallo ]
O presidente escolhe seus ministros e eu convoco a seleção. Obs.: Sobre a exigência do presidente ditador Emilio Gastarazu Médici de que Dadá Maravilha fosse convocado para seleção na Copa de 70. Saldanha foi demitido do cargo e substituído por Zagallo. [ João Saldanha ]
Somos favoritos para o título mundial, porque temos mesmo os melhores jogadores. Precisamos saber lidar com esse favoritismo. [ Parreira ]
O futebol lá era jogado em campos de terra, muitos atuavam descalços e já existia o problema dos gatos porque eles não sabiam quando tinham nascidos. Obs.: Quando foi para Gana comandar a seleção daquele país. [ Parreira ]
Eu sei que ele fuma escondido. Obs.: Técnico da seleção brasileira de vôlei, de 43 anos, que convocou Giba, apesar de o atacante estar suspenso preventivamente por uso de maconha. [ Bernardinho ]
É importante ter metas, mas também é fundamental planejar cuidadosamente cada passo para atingi-las. [ Bernardinho ]
Trabalhe para resistir e responder à altura a todos esses novos desafios. [ Bernardinho ]
A vida nem sempre é feita de sucessos. O nosso compromisso não é ganhar, é continuar fazendo. [ Bernardinho ]
A vontade de se preparar tem que ser maior do que a vontade de vencer. Vencer será conseqüência da boa preparação. [ Bernardinho ]
Não tem essa balela de fator psicológico. No Brasil, além de todo mundo ser técnico, agora todos são psicólogos. Perdemos tecnicamente. Obs.: Técnico da seleção de vôlei feminino, após a derrota para Cuba nas semifinais, em 27 de setembro. [ Bernardinho ]
Eles jogam de maneira irresponsável, mas com responsabilidade. Obs.: Então técnico seleção brasileira de futebol, sobre a equipe de Camarões contra o Brasil, em 23 de setembro. [ Wanderley Luxemburgo ]
Confira agora algumas frases de treinadores do mundo inteiro que selecionamos para você colocar no Msn ou Orkut.
frases de treinador
  • Luke: Estou procurando um grande guerreiro. Yoda: A Guerra não faz ninguém grande. Obs.: Star Wars V – The Imperial Strikes Back [ Yoda ]
  • “Se tão poderoso você é, porque fugir?” Obs.: Yoda para Darth Sidious quando vão se enfrentar em Star Wars III – The Revenge of the Sith [ Yoda ]
  • “A morte é parte natural da Vida. Regozige-se por aqueles que se uniram com a Força. Não Lamente por eles. Não sinta falta deles. O apego leva á inveja. A sombra da cobiça, isso sim.” [ Yoda ]
  • “Cuidado você deve ter, quando o futuro enchergar Anakin. O medo da perda é um caminho para o lado negro.” [ Yoda ]
  • “Não! Tentar não. Faça ou não faça. Tentativa não há.” [ Yoda ]
  • “Só é diferente na sua mente, você precisa desaprender o que aprendeu” [ Yoda ]
  • Jogador de futebol tem a melhor profissão do mundo: carros, roupas, mulheres, hotel cinco-estrelas. Mas, no meio e nos fins de semana, tem de saber o que fazer com aquele pedaço de couro. [ Renato Gaúcho ]
  • Nós jogamos alegremente, eles disputaram o título. Obs.: Sobre a derrota da Hungria na final de 1954 para a Alemanha. [ Ferenc Puskas ]
  • Se eu voltasse ao mundo, não seria má idéia vir como mulher. Não há nada mais formoso do que dar a vida a uma pessoa. [ Franz Beckenbauer ]
  • A Inglaterra nos venceu em 1966 porque Bobby Charlton era só um pouquinho melhor que eu. Obs.: Sobre a final da Copa de 1966. [ Franz Beckenbauer ]
  • O futebol é como um cobertor: se você cobre a cabeça, descobre os pés; se cobre os pés, descobre a cabeça. [ Tim (Elba de Pádua Lima) ]
  • Essa taça é para vocês, bando de traíras. Obs.: Desabafando após a conquista da Copa do Mundo de 1994. [ Dunga ]
  • Isso é burrice, não dá para entender. Obs.: Em 2005, sobre a demissão dos técnicos do Santos e do Corinthians. [ Zagallo ]
  • O futebol italiano é ridículo. Obs.: Ex-atacante da Seleção Brasileira [ Renato Gaúcho ]
  • O Romário me chamou de bissexual? Então manda a mulher dele ir lá em casa. Obs.: Ex-atacante da Seleção Brasileira. [ Renato Gaúcho ]
  • Roberto Carlos precisa ser comandado. Obs.: Tentando explicar a má fase do lateral esquerdo na Copa de 1998. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • Quando tem agito aqui em casa, até o Cristo Redentor tapa os olhos. [ Renato Gaúcho ]
  • Se o Fluminense jogar na Segundona eu juro que saio pelado pelas ruas do Rio de Janeiro. Obs.: Então jogador do Fluminense, quando o time foi rebaixado pela primeira vez. [ Renato Gaúcho ]
  • Maradona só será um novo Pelé quando ele ganhar 3 Copas Mundiais e marcar mais de mil gols. Obs.: Ex-técnico da Seleção Argentina. [ Cesar Luis Menotti ]
  • “Controle, controle, você precisa aprender a se controlar.” [ Yoda ]
  • Estávamos em pânico pensando no que Garrincha poderia fazer. Não existia marcador no mundo capaz de neutralizá-lo. Obs.: Meia da Suécia na Copa de 58. [ Nils Liedholm ]
  • Eu não o trocaria por Shevchenko. Obs.: Técnico do Dinamo Kyev em 1998, comparando Shevchenko com Ronaldinho. [ Lobanovsky ]
  • Todo treinador de juvenis é meio homossexual. E todo treinador de qualquer categoria que defende a concentração, é candidato a corno. Obs.: Ex-técnico da Seleção Brasileira. [ João Saldanha ]
  • Tem que ter tesão para jogar futebol. Obs.: Cobrando dedicação dos jogadores da Seleção Brasileira de Futebol na Copa da Alemanha, 21/6/2006. [ Parreira ]
  • Nós não somos maconheiros. Obs.: Sobre a fama de consumidores de baseado que
  • Se eu fosse seu técnico, o Brasil seria imbatível. Obs.: Egil Olsen, referindo-se as constantes decepções da Seleção Brasileira de Zagallo. [ Egil Olsen ]
  • A Seleção tem jogadores importantes, mas não tem jogador intocável. Obs.: Fonte: www.galvaobueno.com.br, em 08/06/2006 [ Parreira ]
  • Numa competição como o Mundial, nós muitas vezes precisamos mais de um grupo do que de uma estrela somente. Será que vale apenas investir apenas numa estrela? Obs.: Felipão, em março, em resposta a Romário. [ Luiz Felipe Scolari ]
  • Pode errar dez vezes que será dez vezes convocado. Obs.: Técnico da Seleção Brasileira de futebol, sobre o meia Rivaldo. [ Luiz Felipe Scolari ]
  • Foi uma derrota rumo ao penta. Obs.: Zagallo, depois que o Brasil perdeu para a Noruega na Copa da França. [ Zagallo ]
  • Eu disse a eles: vocês querem ser vistos como? Como campeões. É gostoso atravessar esses quatro anos como campeão. [ Parreira ]
  • Nós não temos obrigação de ganhar. Quem tem obrigação de ganhar é o time da casa. [ Parreira ]
  • Eu não sou um treinador de futebol, sou um facilitador. [ Parreira ]
  • No Sul ou tu é gremista ou tu é colorado. Só uma torcida realmente ama seu time diferentemente de Grêmio ou Internacional: é a o Brasil de Pelotas Obs.: Expressado pelo LFS no seu retorno ao Brasil e ao Palmeiras em 2010. Em 1983 e 1984 Scolari comandou o Xavante (Brasil de Pelotas), no inicio de sua carreira, numa das melhores campanhas da história do Xavante [ Luiz Felipe Scolari ]
  • O Brasil já sabe jogar com a bola nos pés. Agora a gente tem que aprender a jogar sem a bola. [ Parreira ]
  • A pressão do favoritismo não vem de dentro para fora, vem de fora para dentro. [ Parreira ]
  • A pressão em 1994 era diferente, pois o Brasil estava havia 24 anos sem conquistar a Copa do Mundo. Agora é a pressão do favoritismo. [ Parreira ]
  • Não adianta jogar bem durante a competição e não render no último jogo. Obs.: Numa indireta à atuação do Brasil na Copa-98, onde o time naufragou na final. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • Não se meça pelo que você tem executado, mas pelo que você deve executar com sua habilidade. [ John Wooden ]
  • Se amanhã o time estiver ruim, o torcedor que hoje me elogia troca o ‘g’ do meu nome por dois ‘r’. E passam a me chamar de Luxemburro. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • É o que você aprende depois de saber tudo o que conta. [ John Wooden ]
  • Tive de dizer não. Obs.: Em 2001, então ex-técnico da Seleção, que recusou o convite para dirigir o Santos e o Atlético Mineiro devido ao seu envolvimento com a CPI do futebol. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • Não deixe aquilo que você não pode fazer interferir no que você pode fazer. [ John Wooden ]
  • “Tenha cuidado”, escrevi num dos meus primeiros livros, “com as palavras que fala, pois, se você for arrogante, fará muitos inimigos. Nunca se esqueça do antigo ditado que diz que um vento forte pode destruir uma árvore robusta, mas o salgueiro verga-se, e o vento passa sobre ele. As grandes virtudes do caratê são a prudência e a humildade” [ Gichin Funakoshi ]
  • Se a CPI durar cinco anos, vou ficar cinco anos sem trabalhar? Como cidadão, tenho o direito de voltar ao trabalho. Obs.: Em 2001, após ser contratado como novo técnico do Corinthians. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • A pior coisa nos novos livros é que eles nos impedem de ler os antigos. [ John Wooden ]
  • “O segredo da vitória está em conhecer a si mesmo e a seu inimigo” [ Gichin Funakoshi ]
  • Eu disse que, se o Ronaldo não fizesse os dois jogos, eu o mandaria embora. E fiz. Obs.: Em 2001, explicando porque impediu Ronaldinho de jogar pela Seleção Olímpica. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • Não sou sonegador deliberado. Obs.: Em 2001, quando técnico do Corinthians, ao sair de um depoimento na Justiça Federal. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • Se o Oswaldo de Oliveira quer o Marcelinho, que contrate, ou compre um bibelô, ponho o nome de Marcelinho e coloque na estante. Obs.: Em 2001, quando técnico do Corinthians, sobre o colega que estava no Fluminense. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • Considere os direitos dos outros antes dos seus próprios sentimentos, e os sentimentos dos outros antes de seus própríos direitos. [ John Wooden ]
  • O torcedor tem toda a razão de nos criticar, mas não podemos tirar o mérito do ASA, que mereceu a classificação. A vida segue. Obs.: Em 2002, quando técnico do Palmeiras, depois de o time ser eliminado da Copa do Brasil pelo ASA de Arapiraca, de Alagoas. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • Assim como um vale vazio pode ecoar o som da voz, do mesmo modo a pessoa que segue o Caminho do Karate deve esvaziar-se livrando-se de todo egoísmo e ambição. Tornarse vazio interiormente mas reto por fora. Este é o significado verdadeiro de “vazio” no karate. Quando a pessoa percebe a infinidade de formas e de elementos no universo, ele se volta para o vazio, para o vácuo. Em outras palavras, o vazio não é outra coisa senão a verdadeira forma do universo. [ Gichin Funakoshi ]
  • Acho que a gente não devia falar sobre isso. Quanto mais se fala, mais se incentiva. Obs.: Em 2002, sobre assalto à sede do Palmeiras, no Parque Antártica, em que R$ 60 mil foram roubados. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • O São Paulo é que está jogando melhor. Quero que o Palmeiras chegue a esse ponto. Obs.: Em 2002, quando técnico do Palmeiras. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • “Na verdade, a essência da arte foi resumida nestas palavras: O karatê começa e termina com cortesia” [ Gichin Funakoshi ]
  • O Ronaldinho vai ter de rebuscar seu espaço na seleção. Obs.: Em 2002. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • Não adianta eu falar uma coisa porque vocês da imprensa escrevem outra. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • …sempre há alguns que têm como desejo único aprender karatê para utilizá-lo numa luta. Esses quase inevitavelmente abandonam o curso antes mesmo da metade do ano, porque é quase impossível que qualquer jovem, com objetivo tão tolo, continue por muito tempo no karatê [ Gichin Funakoshi ]
  • Já fizeram várias campanhas contra mim, mas não estou preocupado. Falo o que penso. Obs.: Em 2002, depois de reclamar da Globo e do horário marcado para um jogo do Palmeiras contra o Fluminense, num domingo, às 16h. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • Não nasci para ser mais um. Obs.: Quando técnico do Real Madrid, depois da partida vitoriosa que marcou sua estréia no cargo (2005). [ Wanderley Luxemburgo ]
  • Com o Karate-do, oferecendo sua ajuda aos outros e aceitando-a deles, o homem adquire a habilidade de elevar a arte ao estado de crença, em que possa aperfeiçoar corpo e alma e assim finalmente chega a reconhecer o significado verdadeiro do Karate-do [ Gichin Funakoshi ]
  • Quero que sonhe e coloque como objetivo pessoal: ser o maior da história. Obs.: Em 2005, quando técnico do Real Madrid, quando estipulou uma meta para Ronaldo: Superar Pelé como o título mundial de 2006 e ser o maior vencedor de Copas da história. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • Mandaram uma camisa do Fome Zero para o Cruzeiro quando eu era o técnico. Eu não botei a camisa porque o Brasil não precisa de Fome Zero, precisa de emprego. Obs.: Quando técnico do Real Madrid, em entrevista à Playboy de junho de 2005. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • “Tamanho nada significa. Olhe para mim. Pelo meu tamanho você me julga?” Obs.: Yoda to Luke Skywalker [ Yoda ]
  • É excelente profissional, educado, pontual, grande sujeito, dentro e fora do campo. Quando precisa atender a um compromisso pessoal, me consulta, pede dispensa. Não dá problema. Obs.: Em 2005, então técnico do Real Madrid, sobre o jogador inglês David Beckham. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • Se precisar, para meu time ganhar, eu invado o campo. Posso até levar porrada, mas faço isso. Obs.: Aos 54 anos, ex-técnico do Corinthians, sobre a guerra de nervos antes do jogo contra o River Plate. [ Geninho ]
  • Posso ser um novo Di Stéfano, mas não posso ser um novo Pelé. Ele é o único que ultrapassa os limites da lógica… [ Johann Cruyff ]
  • Disse a eles que, como atletas experientes, não poderiam cair em nenhum golpe. Mas o que eu quero agora é que, diante dessa denúncia, que partiu deles, a Fifa abra um processo e aplique uma punição exemplar. Obs.: Comentando em uma entrevista sobre a revelação de Bilardo numa revista argentina. [ Lazaroni ]
  • Já se passou muito tempo, mas uma punição tem que acontecer. Não importa se já se passaram mais de 14 anos. Foi mais um fato lamentável, que é mais um arranhão na imagem de um país, que na Copa seguinte teve caso do doping do Maradona. Obs.: Desabafando o acontecimento na copa de 1990, quando Branco foi dopado, pelos jogadores da Argentina. [ Lazaroni ]
  • Rodrigo é um soccer-player… [ Lazaroni ]
  • Dá pra entender porque o futebol sumiu? [ Lazaroni ]
  • Está faltando o faz-me-rir (salário)… [ Lazaroni ]
  • Só temos dois caminhos: o sim e o não… [ Lazaroni ]
  • Jogamos dentro de uma situação… [ Lazaroni ]
  • Preparamos nosso rapazes durante quatro anos para enfrentar times de futebol. Não esperávamos um jogador como Garrincha. Obs.: Queixa-se o técnico inglês Walter Winterbotton no vestiário. [ Walter Winterbotton ]
  • Romário pensa que é o rei da cocada preta. O que esperar de um cara que se acha Deus? [ Zico ]
  • A Holanda é muito tico-tico-no-fubá, que nem o América dos anos 50… Obs.: Técnico da Seleção Brasileira na Copa de 1974, antes do jogo contra a Holanda. [ Zagallo ]
  • A falha individual é do coletivo. Obs.: Explicando a derrota do Brasil contra o México, na final da Copa das Confederações 99. [ Wanderley Luxemburgo ]
  • O futebol não é uma questão de vida ou de morte. É muito mais importante que isso… Obs.: Ex-técnico do Liverpool. [ Bill Shankly ]
  • O Brasil joga bom futebol, mas sua equipe está quatro anos mais cansada, quatro anos mais viciada num sistema de jogo que todos conhecem. Obs.: Comentando sobre a seleção do Brasil em 1962. [ Helenio Herrera ]
  • Sem Pelé, o Brasil fica muito fraco. Quem é Amarildo? Obs.: Técnico da Seleção Espanhola, que perdeu do Brasil na Copa de 62 por 2 x 1, com 2 gols de Amarildo. [ Helenio Herrera ]
  • O time brasileiro era tão bom que eu tinha medo de começar a torcer por ele. Obs.: Técnico da seleção Sueca, adversária do Brasil na final da Copa de 58. [ George Raynor ]
  • O time deles é bom, mas os holandeses não têm tradição em Copas e isso pesa. A Holanda não me preocupa. Estou pensando na final com a Alemanha. Obs.: Técnico do Brasil na Copa de 74, antes da semifinal contra a Holanda. [ Zagallo ]
  • O presidente escolhe seus ministros e eu convoco a seleção. Obs.: Sobre a exigência do presidente ditador Emilio Gastarazu Médici de que Dadá Maravilha fosse convocado para seleção na Copa de 70. Saldanha foi demitido do cargo e substituído por Zagallo. [ João Saldanha ]
  • Somos favoritos para o título mundial, porque temos mesmo os melhores jogadores. Precisamos saber lidar com esse favoritismo. [ Parreira ]
  • O futebol lá era jogado em campos de terra, muitos atuavam descalços e já existia o problema dos gatos porque eles não sabiam quando tinham nascidos. Obs.: Quando foi para Gana comandar a seleção daquele país. [ Parreira ]
  • Eu sei que ele fuma escondido. Obs.: Técnico da seleção brasileira de vôlei, de 43 anos, que convocou Giba, apesar de o atacante estar suspenso preventivamente por uso de maconha. [ Bernardinho ]
  • É importante ter metas, mas também é fundamental planejar cuidadosamente cada passo para atingi-las. [ Bernardinho ]
  • Trabalhe para resistir e responder à altura a todos esses novos desafios. [ Bernardinho ]
  • A vida nem sempre é feita de sucessos. O nosso compromisso não é ganhar, é continuar fazendo. [ Bernardinho ]
  • A vontade de se preparar tem que ser maior do que a vontade de vencer. Vencer será conseqüência da boa preparação. [ Bernardinho ]
  • Não tem essa balela de fator psicológico. No Brasil, além de todo mundo ser técnico, agora todos são psicólogos. Perdemos tecnicamente. Obs.: Técnico da seleção de vôlei feminino, após a derrota para Cuba nas semifinais, em 27 de setembro. [ Bernardinho ]
  • Eles jogam de maneira irresponsável, mas com responsabilidade. Obs.: Então técnico seleção brasileira de futebol, sobre a equipe de Camarões contra o Brasil, em 23 de setembro. [ Wanderley Luxemburgo ]