Jessé Gomes da Silva Filho nasceu no Rio de Janeiro em 4 de fevereiro de 1959, é um cantor e compositor brasileiro. Confira agora algumas frases dele que selecionamos para você colocar no Msn, Orkut, Twitter, Facebook ou enviar para quem você quiser.

Voce sabe o que é caviar?… nunca vi… nem comi… eu só ouço falar!!!
Zeca Pagodinho

{Deni, chega aí pra gente cantar um partido alto aí} {Vamos lá meu compadre, vamos fazer uma primeira pra ficar bonito}
Zeca Pagodinho

Eu mato sem tirar sangue Engulo sem mastigar Arranco toco com raiz e tudo Num simples gesto de olhar.
Zeca Pagodinho

Mulher com mulher, sempre dá jacaré Homem com Homem, vai dar Lobisomem.
Zeca Pagodinho

o dono da dor Sabe quanto dói Tem jeito não, o peito rói.
Zeca Pagodinho

Você sempre foi solteira Um marido não arranja.
Zeca Pagodinho

Vou seguindo em frente, pois atrás vem gente.
Zeca Pagodinho

Vi malandro dar mancada Vi leão virar leoa.
Zeca Pagodinho

” Tem gente que vive chorando de barriga cheia “
Zeca Pagodinho

Eu te dou muito dinheiro E tudo você esbanja.
Zeca Pagodinho

Dou-lhe tapa, dou-lhe soco, Dou-lhe murro Não faça cara de burro Pra ninguém notar Sumo no chão, viro uma pulga deixo o cacete rolar.
Zeca Pagodinho

Para a história que você contou
Será que estás pensando que eu sou boi.
Zeca Pagodinho

Qua, qua, qua Qua, qua, qua Se eu sorrir, tu não podes chorar.
Zeca Pagodinho

Eu quero ver o caldeirão ferver Põe pimenta pra arder Já mandei botar dendê.
Zeca Pagodinho

Tô tranqüilo e você vem me zoar.
Zeca Pagodinho

Sem um qualquer….é duro de se virar Eu envergo mais não quebro Amanhã vai melhorar.
Zeca Pagodinho

Acordar sempre com o mesmo sermão Ninguém merece Aturar o mau humor do teu cão Ninguém merece Me proíbe de fumar, de beber Ninguém merece.
Zeca Pagodinho

A realidade é dura mas é ai que se cura ninguém pode imaginar o que não viveu.
Zeca Pagodinho

Eu mato sem tirar sangue Engulo sem mastigar Arranco toco com raiz e tudo Num simples gesto de olhar.
Zeca Pagodinho

Não quer ser mamãe, vai ficar pra titia.
Zeca Pagodinho

A vida é assim Todo tempo tem seu tempo Tem começo, meio e fim.
Zeca Pagodinho

Prepara minha marmita Que eu vou pra desdita Eu vou trabalhar.
Zeca Pagodinho

Sem um qualquer….é duro de se virar Eu envergo mais não quebro Amanhã vai melhorar.
Zeca Pagodinho

Eu sou mais meu chinelo de dedo Do que cromo alemão apertado.
Zeca Pagodinho

Vou rolando no mundo igual bola Só porque a gente não nasceu quadrado.
Zeca Pagodinho

Eu também admiro Istambul Mas eu fico em Xerém, porque é terra boa.
Zeca Pagodinho

Deixa a vida me levar, vida leva eu.
Zeca Pagodinho

Uma vez fico deitado Mas de papo para o ar Mas eu só fico pensando Em viver sem trabalhar.
Zeca Pagodinho

Dei um pulo na macumba, fui saber da quizumba Bolei na demanda, cantei pra Calunga, baixei a muamba Saravei a banda, meu corpo fechei Iaiá, eu fiz tudo certinho Deitei para o santo, raspei, catulei Me deixa de lado, cão escomungado Eu tô abençoado, eu tô dentro da lei, ô Iaiá.
Zeca Pagodinho

Fui no pagode Acabou a comida Acabou a bebida Acabou a canja Sobrou pra mim O bagaço da laranja.
Zeca Pagodinho

Fiz psiu pra empregada Quem sorriu foi a patroa.
Zeca Pagodinho

Adoro minha sogra porém quero vê-la bem longe sorrindo e contente.
Zeca Pagodinho

Se eu estou descontraido, não que eu tivesse bebido, nem q eu tivesse fumado p falar da vida alheia.
Zeca Pagodinho

A vida é assim Todo tempo tem seu tempo Tem começo, meio e fim.
Zeca Pagodinho